fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Logística   /  Entenda a importância da cobertura de estoque para o seu negócio
Entenda a importância da cobertura de estoque para o seu negócio

Entenda a importância da cobertura de estoque para o seu negócio

Ter políticas e processos bem estruturados para a movimentação e acompanhamento da sua reserva de produtos é a chave para garantir o crescimento, a organização e o equilíbrio entre pedidos e vendas. Abordando estratégias com essa finalidade, destacamos o cálculo da cobertura de estoque como uma das ferramentas mais úteis no seu arsenal.

controle de estoque é um dos principais desafios de grande parte das organizações, principalmente no ramo atacadista distribuidor, em que as mercadorias representam o centro do negócio e estão em constante circulação. Falhas e desperdícios não impactam somente no caixa, mas também no atendimento e na satisfação dos clientes em geral. Em outras palavras, as repercussões negativas tendem a ser bem amplas.

Tudo isso funciona como uma espécie de dominó. Uma movimentação não registrada, por exemplo, pode prejudicar diversas etapas do processo de vendas. Neste artigo, mostramos a você o que é a cobertura de estoque, impactos desse método na sua empresa e como fazer o cálculo. Veja só!

O que é a cobertura de estoque?

A cobertura de estoque consiste em um índice bastante comum no âmbito corporativo. Ela serve para mensurar o período pelo qual sua reserva de mercadorias tem capacidade de atender o volume e a demanda de vendas. Portanto, mede quanto tempo determinado produto tende a levar até sair do estoque.

No entanto, é importante conhecer a fundo a diferença com relação ao giro de estoque, um medidor de desempenho usado para mensurar a quantidade de vezes que um item precisou ser reposto na reserva. No geral, você quer que estes dois indicadores sejam bem próximos, pois isso indica que as chances de quebra de estoque são bem pequenas.

Quais são os impactos desse cálculo na empresa?

Antes de qualquer coisa, para fidelizar o cliente é fundamental que ele encontre os produtos que precisa no momento em que procura. Isso ganha relevância quando se trata de uma relação entre empresas, geralmente marcada por um volume de compras expressivo e bem consistente.

Para cumprir com essa demanda, é necessário ter total domínio do estoque e da movimentação de seus produtos. Afinal, a partir desse tipo de informação e dado começa o planejamento adequado das reposições, otimizando a gestão de fornecedores ao considerar uma margem de segurança para seu estoque.

Em outras palavras, a cobertura de estoque se destaca no âmbito de gerenciamento interno dos seus produtos, agregando uma série de importantes benefícios para o negócio como um todo. Confira quais são os principais a seguir:

Corte de gastos desnecessários

Um dos problemas de muitos negócios é que, depois de algum tempo lidando com os próprios produtos, pode ser que algumas despesas comecem a se acumular sem serem percebidas. E, enquanto não forem limpas, elas podem pesar bastante no seu orçamento, mais do que você imagina.

Identificar valores pagos sem necessidade, especialmente em uma empresa com alto volume de mercadorias em circulação, é sempre um grande e recorrente desafio. Afinal de contas, o final do mês transforma isso em puro prejuízo, palavra que tira o sono de qualquer gestor ou empresário.

Ao adotar o uso do índice da cobertura de vendas, cria-se uma base importante de informações. Tais arquivos demonstram os itens que você tem comprado com frequência ou volume desnecessários, aspecto relevante com relação ao processo de evitar perdas.

Otimização das vendas

Qualificar e aperfeiçoar suas vendas significa aumento no faturamento e na lucratividade. Praticamente todo empreendimento está constantemente buscando novas oportunidades para melhorar seu desempenho de vendas ou tornar as atuais mais rentáveis. Contudo, isso não é um processo simples, pois envolve inúmeros pontos, como reduzir custos, otimizar a equipe, ter uma força de vendas eficiente, entre outras coisas.

A cobertura de vendas consiste em uma técnica capaz de ajudá-lo a contar com um bom domínio sobre a sua reserva de produtos, o que te permite obter maior rentabilidade com as vendas do dia a dia. Com isso, há um crescimento claro na sua vantagem competitiva, que é resultado de três pilares: agilidade, automação e organização.

Portanto, deixam de acontecer situações recorrentes, como fechar uma grande e difícil venda, mas não ter produtos suficientes no estoque, pois os itens são repostos em tempo hábil. Da mesma forma, você não terá custos extras por acumular muitos produtos em estoque e não conseguir vendê-los.

Aumento da qualidade do serviço prestado

Esse aspecto figura como consequência do que citamos acima. Afinal, ao oferecer um bom atendimento, cumprindo expectativas, promessas e prazos, é mais fácil alcançar a satisfação e uma possível fidelização do cliente em questão.

Possibilidade de conhecer o lead time e a variabilidade de demanda

Lead time é o tempo entre o recebimento e a chegada do pedido na sua empresa e a entrega no destino. Sendo assim, quanto menor for o seu lead time, melhor será o seu atendimento.

Mas qual a relação entre o lead time e a cobertura de estoque? O cálculo permite ter controle e domínio da sua reserva, de modo que nenhum produto fique parado ou em falta.

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

Dessa maneira, esse controle eficiente permite que os itens mais pedidos permaneçam sempre disponíveis, diminuindo o tempo de espera do comprador, já que ele não precisa aguardar a reposição junto ao fornecedor.

A variabilidade de demanda, por sua vez, é o nível de procura dos produtos. Tal conceito sofre influência de diversos fatores, como preço, qualidade do atendimento, autoridade e competitividade da empresa no mercado, campanhas de marketing, entre outros.

Como calcular a cobertura de estoque?

Apesar de tão relevante para organizações de todos os setores e portes, o cálculo da cobertura de estoque é bem simples. Para aplicá-lo no seu atacado distribuidor, basta seguir a fórmula:

cobertura de estoque = estoque atual / média de vendas

Portanto, o índice é encontrado quando você divide esses dois produtos, que precisam ser mensurados levando em consideração um determinado período. Isso pode acontecer mês a mês, por trimestre ou até mesmo anualmente. Analise a situação e defina o que se encaixa melhor.

A média de vendas é revelada pela quantidade de produtos que são vendidos em X tempo. Normalmente, esse conceito se encontra pela seguinte fórmula:

média de vendas = total de vendas diárias / quantidade de dias do período

Para que possa analisar os resultados, tenha em mente que quanto menor for a cobertura de vendas, maiores serão as probabilidades de um item faltar na sua reserva de produtos. Em contrapartida, caso o resultado seja muito alto, você corre o risco de ter estoque parado.

Sendo assim, é necessário estabelecer uma média, como uma espécie de limite, para trabalhar visando o equilíbrio. Lembre-se de que tanto o excesso quanto a falta são prejudiciais a curto e longo prazo.

Boas práticas para a cobertura de estoque

Considerando todos os pontos que destacamos até o momento em relação ao trabalho de cobertura de estoque e seus benefícios para a empresa, tudo o que resta é determinar como ele pode ser feito com a qualidade desejada. E para te auxiliar com essa tarefa, viemos listar algumas boas práticas que você deve adotar durante esse processo. Confira:

1. Tente usar valores mais precisos

É verdade que, quando falamos em fazer projeções para o futuro, não é possível ter certeza absoluta de quais serão os valores de cada indicador. O melhor que você pode fazer é utilizar as médias anteriores e criar projeções, com alguma margem de erro. Porém, com o tempo e uma amostra maior, fica mais fácil obter uma estimativa mais correta.

Ao fazer seus cálculos de cobertura, tente sempre usar os valores mais precisos possíveis para realizar suas contas. Mantenha pelo menos 2 ou 3 casas decimais em cada média e, claro, evite usar números que não tenham um bom embasamento. Maior precisão também significa que suas decisões tendem a ser mais assertivas.

2. Leve em conta múltiplos resultados

Já que não é possível obter uma previsão 100% exata de qualquer cenário futuro, especialmente em prazos mais longos, o ideal é que você tenha como lidar com diferentes resultados possíveis, incluindo desde o melhor até o pior dos casos possíveis.

Ao calcular sua cobertura de estoque ideal, tenha uma margem de erro para os valores estabelecidos e crie um plano B para cada cenário. Dessa forma, você pode otimizar seu rendimento, independentemente de qual seja o resultado obtido inicialmente.

3. Invista em um software de controle de estoque

A tecnologia é sua maior aliada para manter o controle de qualquer negócio. Com o sistema certo, você pode acompanhar a movimentação do estoque e fazer suas estimativas de cobertura com muito mais facilidade. E com o serviço certo, pode acessar essas estatísticas de qualquer lugar, através do seu celular. Se você quer começar a expandir sua empresa, então vale a pena buscar um software de gestão para facilitar seu trabalho.

A cobertura de estoque fornece dados de extrema importância para o controle das suas vendas e, consequentemente, para a sua gestão administrativa. Com isso, garante-se uma base confiável para o processo decisório de estratégia, desembocando em uma melhor performance geral.

Está procurando mais ajuda para maximizar seu o desempenho de vendas? Então, entre em contato com a Ion Sistemas e veja como nosso software pode te ajudar a gerir melhor sua empresa.

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert