fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Dicas   /  Como reduzir a inadimplência na empresa e evitar prejuízos?
como reduzir a inadimplencia

Como reduzir a inadimplência na empresa e evitar prejuízos?

Você frequentemente pensa em como reduzir a inadimplência na sua empresa? Esse é um problema que assola os empreendedores do país, que estão sempre procurando por soluções para contornar essa situação que não é saudável para o financeiro de nenhum negócio.

A inadimplência, que é a falta do cumprimento dos compromissos financeiros de uma pessoa ou estabelecimento, bateu recorde no ano de 2019, segundo a Serasa Experian. As empresas com contas em atraso ultrapassaram 6,1 milhões em dezembro de 2019. Esses dados são alarmantes e prejudicam especialmente as empresas distribuidoras, já que elas são as responsáveis por fornecer os produtos revendidos para o consumidor final.

Neste post, apresentaremos algumas dicas essenciais de como controlar a inadimplência em empresas distribuidoras. Confira!

Conheça as causas da inadimplência

Nessa primeira dica, será necessário exercitar um pouco de empatia. Isso porque é praticamente impossível ter certeza do motivo pelo qual o cliente não efetuou o pagamento na data acordada. O ideal, nesses casos, é não tentar adivinhar e, principalmente, não partir do pressuposto que ele agiu de má-fé ou fez de propósito.

É preciso entender o que aconteceu, em primeiro lugar. Os motivos podem ser os mais diversos, desde esquecimento, o fato do cliente não ter o dinheiro no dia para efetuar o pagamento ou até mesmo os casos mais sérios, como doenças. Por esse motivo, é preciso ouvir o consumidor e procurar saber o que ele tem a dizer em sua defesa e sempre mostrar que a intenção da empresa é que a situação seja resolvida da melhor forma possível.

Aprenda a administrar os atrasos

Outra dica de como reduzir a inadimplência é realizar a administração dos atrasos de forma diária e contínua. Para conseguir realizar essa tarefa, porém, é necessário ter foco e organização extrema. É recomendável, então, que o seu time faça um registro de todos os dados dos clientes devedores, como o tempo de atraso e o total da dívida.

Geralmente, esse processo é feito em uma planilha, mas já existem outras soluções mais práticas e inteligentes para ajudar na realização dessa tarefa. Para não haver baixa na produtividade dos responsáveis ou erros de cálculos, o mais recomendado é optar por softwares de automatização, como explicaremos mais adiante.

Diversifique os meios de pagamento

Uma das melhores formas de conseguir reduzir a inadimplência é diversificar as formas de pagamento oferecidas aos clientes. Dessa forma, quem compra terá mais opções para pagar a dívida e, consequentemente, cumprirá os compromissos financeiros com mais facilidade, já que escolherá qual é a mais adequada para ele no momento.

Mesmo que o melhor cenário seja receber o valor à vista, existem diversas formas de pagamento que você pode oferecer para o seu cliente. As mais utilizadas do mercado incluem:

  • crediário;
  • cheques;
  • faturas;
  • boletos bancários;
  • transferência bancária;
  • PIX.

Quaisquer que sejam as formas escolhidas por você, lembre-se de optar pelas que fazem mais sentido para o seu negócio e para o seu cliente. Não é necessário escolher todas as disponíveis caso não queira, mas lembre-se de que quanto maiores as opções, menores as chances de inadimplência.

Negocie com os clientes

É essencial que você saiba negociar com o cliente que está inadimplente. Quando chegar o momento da cobrança — que, nem sempre, é uma tarefa fácil —, a sua empresa precisa demonstrar que compreende a situação e que também está disposta a facilitar o pagamento da dívida para que seja possível resolvê-la dentro das possibilidades do devedor.

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

Nesse momento, uma boa estratégia é oferecer opções de pagamento como o parcelamento da dívida ou até mesmo oferecer desconto caso ele seja feito à vista. Além disso, é sempre bom deixar claro para o cliente o interesse do seu negócio em manter um bom relacionamento com ele para que não o perca para a concorrência em uma futura compra.

Elabore estratégias de cobrança

Embora o cliente receba, geralmente, o atendimento de qualquer empresa por ligações telefônicas, seu negócio pode se diferenciar nesse momento e utilizar outros meios de comunicação como parte da estratégia de cobrança da dívida. Aplicativos de mensagens, como o WhatsApp e até mesmo o e-mail são canais que muitos estabelecimentos usam com esse fim.

Outras formas de contato para a cobrança seriam as cartas registradas ou até mesmo o SEDEX. Essas opções, porém, costumam ser usadas somente para envio de alerta de acionamento do setor jurídico ou notificação de protesto, já que com elas é possível registrar o recebimento da correspondência.

Independentemente do meio de comunicação escolhido, é sempre bom lembrar de que é essencial prezar pela educação com o consumidor. Ao prestar um atendimento proativo e acertado, as chances de negociação e pagamento do valor aberto aumentam — e muito. Além disso, é sempre bom contar com o cliente como um amigo para que ele não se vire contra você e passe a consumir da concorrência.

Ofereça vantagens para o pagamento em dia

De uma forma geral, as pessoas não gostam de ter dívidas. A maioria delas até pode ter o desejo de pagar, porém, pode acontecer de não terem os meios para que isso aconteça. As condições abusivas de parcelamento, com juros muito altos, só pioram a situação. Por isso, uma boa ideia seria oferecer alguma vantagem para quem pagar em dia.

Um dos benefícios mais oferecidos pelas empresas é um desconto do valor para quem pagar antes da data do vencimento. Isso pode ser utilizado como um estímulo para o cliente não atrasar o pagamento e, com isso, sua empresa não precisará se preocupar em ficar enviando cobranças para ele. Outras opções podem ser pontos no cartão fidelidade que podem ser trocados em uma outra ocasião ou até mesmo um bônus para as próximas compras.

Automatize os processos

Nos últimos tempos, a tecnologia se tornou fundamental para qualquer negócio, principalmente com as opções de armazenamento de dados em nuvem, e até nos processos de cobrança ela pode ajudar. Ter um bom sistema automatizado de gestão é uma das alternativas para controlar o número de clientes que estão com dívidas atrasadas. Os softwares ERP (Enterprise Resource Planning) são os mais utilizados pelas empresas.

Essa pode ser a saída para o seu negócio automatizar todos os processos internos e, assim, facilitar o dia a dia dos funcionários, especialmente os que são responsáveis pela cobrança. Isso porque esses softwares são ferramentas que otimizam as tarefas que eram feitas manualmente.

Com eles, é possível, por exemplo, listar todas as contas a receber, gerenciar os processos de vendas e administrativos e ter acesso a todos os tributos que precisam ser pagos. Nesse caso, talvez valha a pena fazer o investimento.

Viu só como reduzir a inadimplência não é tão difícil quanto parece? Como uma última dica, que reúne várias das que foram apresentadas aqui, você pode oferecer aos seus clientes a opção de pagamento por cartão de crédito diretamente de uma plataforma segura e confiável, como a ION Card. Ela oferece diversos diferenciais de uma forma automatizada.

Tem interesse em conhecer mais sobre essa ferramenta? Então, acesse a nossa página dedicada para ela e descubra todos os seus benefícios!

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!