fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Dicas   /  7 dicas para manter um bom relacionamento com fornecedores
Relacionamento com fornecedores

7 dicas para manter um bom relacionamento com fornecedores

Você tem um bom relacionamento com fornecedores? Precisa pensar? Então, avalie esse quesito, pois ele é um dos pontos relevantes para que seu negócio de atacado ou distribuição prospere. Afinal, os fornecedores são responsáveis por garantir os insumos e mercadorias para que consiga realizar suas atividades .

Desse modo, cultivar essa relação é essencial para que os projetos sejam concretizados com eficiência. Na verdade, isso proporciona uma via de mão dupla na qual os envolvidos saem com vantagens. Quer entender melhor como isso é possível? Leia o artigo a seguir e comece a pôr em prática!

Por que é importante estabelecer bons relacionamentos com os fornecedores?

Criar bons relacionamentos com os fornecedores é importante porque as empresas, principalmente de médio e grande porte, já perceberam que essa é uma ação estratégica. Afinal, dessa parceria, obtêm-se produtos e serviços de maior qualidade e com um custo-benefício satisfatório. Consequentemente, ofertará ao mercado um preço mais justo e atrativo aos consumidores.

Inclusive, o gerenciamento do relacionamento entre organizações e fornecedores faz com que ambos atinjam objetivos organizacionais em diferentes setores, como logística, estoque, finanças e marketing. Isso faz diferença nos setores de atacado e distribuição, propiciando:

  • maior valor agregado aos produtos, serviços e matérias-primas;
  • importação de produtos devido à globalização;
  • competitividade de preços;
  • avanço tecnológico;
  • redução do ciclo de vida dos produtos para que haja novas aquisições por parte dos clientes.

Diante disso, o comprador precisa operar em parceria com os fornecedores, monitorando desde a entrega da mercadoria até a pós-venda. Assim, conquistará a melhoria da qualidade e competitividade do seu produto final.

Como ter um bom relacionamento com os fornecedores nesse mercado?

Nenhuma empresa neste mundo vive em uma ilha. Logo, uns dependem dos outros. Seguindo esse princípio, confira as 7 dicas de como perpetuar essa relação.

1. Mantenha uma comunicação clara

Os fornecedores devem entender que seu negócio é um parceiro fundamental para outras empresas. É como se cada cliente fosse único. Caso surja algum problema, deixe um canal aberto para que o profissional possa conversar com o responsável e solucionar a situação.

Suponhamos que ocorra uma emergência, exigindo a ajuda de um fornecedor. Porém, para resolvê-la, é necessário passar por um atendente, que depois enviará para outro colaborador e assim por diante.

Essa comunicação está clara? Claro que não! Por isso, crie um e-mail, ramal, WhatsApp, etc., de forma que possam conversar diretamente, sem intermediários. Uma vez feito isso, resolverá o problema de maneira adequada, reduzindo tempo e dinheiro.

2. Baseie-se no “ganha-ganha”

Não é somente a empresa que tem expectativas quanto ao fornecedor; o inverso também ocorre, por isso o ganha-ganha. Assim, ambos saem satisfeitos com as negociações. Dessa forma, procure conhecer quais são as necessidades de cada um para que a conversa seja direta e que possa construir para uma parceria forte.

Entretanto, evite solicitar pedidos fora do planejamento. Além disso, procure estar alinhado com os fornecedores mediante a demanda do negócio. Lógico que exceções acontecem, mas não as deixe virar regras. Outro detalhe é dialogar sobre reclamações de clientes sobre produtos e serviços para que sejam resolvidas com presteza e qualidade.

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

3. Promova parcerias

Quando a parceria está fortalecida, aprimoramentos dos produtos e serviços poderão ser ofertados aos clientes. Sendo assim, mostre ao fornecedor as vantagens de divulgar e usar suas mercadorias e como isso está impactando o crescimento da empresa. Além do mais, deixe claro como essa aliança se torna cada vez mais estratégica para ambos.

4. Alinhe os processos

Mantenha seus processos internos organizados para que possam se alinhar com os dos parceiros e aplicar as ações com eficiência. Então, negocie com o departamento de compras de modo efetivo e com transparência.

Pense, por exemplo, em uma equipe que precisa de uma grande quantidade de peças de última hora ou que constantemente comete erros nos prazos. Essa imagem não é nada boa para o parceiro, causando até problemas logísticos para as duas organizações.

Por outro lado, se tudo está dentro dos padrões, os pedidos são processados e entregues nos prazos, sem problemas para ninguém. Aliás, o atendimento é rápido e eficaz, já que cada um atua fazendo sua parte.

5. Mantenha os pagamentos em dia

Uma dica básica, mas que precisa ser apontada, é manter os pagamentos dentro das datas para que as entregas dos pedidos sejam realizadas. Isso gera confiança para os envolvidos, pois o fornecedor saberá que pode contar com seu parceiro para prestar um serviço de qualidade. Depois que a relação estiver fortalecida, será possível barganhar melhores condições e prazos na negociação.

6. Seja transparente

Ser transparente é uma atitude que deve estar enraizada em qualquer ação que a empresa fizer, e óbvio que com o fornecedor não poderia ser diferente. Mediante isso, construirá relacionamentos saudáveis e benéficos. Contudo, exija o mesmo dos demais para que a parceria seja duradoura, começando por um contrato claro e objetivo.

Também, inclua nesse quesito seus colaboradores, já que eles poderão ter um contato maior com os fornecedores nas solicitações e nos atendimentos das demandas.

7. Prefira as relações duradouras

Quando há parcerias de longo prazo, as duas partes aperfeiçoam os produtos e serviços com o objetivo de atender bem o mercado. Sendo assim, busque fornecedores que corroborem com o mesmo princípio e fazem investimentos para que alcancem seus objetivos.

Nessa estratégia, haverá maior qualidade das mercadorias, o que chamará a atenção do mercado que está cada vez mais acirrado e global. Consequentemente, a matéria-prima será um forte diferencial para garantir vantagem competitiva. Finalmente, nunca troque qualidade por preço baixo — sua organização precisa garantir o padrão que promete.

Por fim, saiba que a tecnologia tornou mais fácil manter e gerenciar o relacionamento com fornecedores, visto que um software proporciona a visualização de dados importantes dos parceiros.

De uma maneira prática, é possível emitir pedidos e, com cálculos de impostos, consultar em tempo real o estoque, a tabela de preços, o histórico de compras, entre outros dados. O sistema também dá sugestões conforme o comportamento de aquisições e emite relatórios para análises comparativas das negociações. Essas são apenas algumas das funcionalidades — há muito mais para você descobrir!

Despertou seu interesse? Aproveite e leia sobre gestão de fornecedores: aprenda de uma vez a fazer de forma eficiente!

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!