fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Logística   /  Logística lean no mercado atacadista: saiba como incorporá-la
logística lean no mercado atacadista

Logística lean no mercado atacadista: saiba como incorporá-la

A logística lean no mercado atacadista consiste em uma forma eficiente de reconhecer e eliminar tarefas que são desperdiçadas na cadeia produtiva de suprimentos, de modo a elevar o fluxo do produto e a rapidez com que ele é transportado.

É importante destacar que cada passo dado na logística lean tem como propósito realizar a separação qualitativa das atividades entre aquelas que ocasionam valor e aquelas que não geram valor na cadeia de suprimentos, com a finalidade de eliminar todas que estão presentes no segundo grupo.

Assim, diminuir o desperdício com tarefas que não agregam ao processo é a principal finalidade do pensamento lean. Continue a leitura e saiba como incorporar a logística lean no seu negócio!

Por que a logística lean deve ser aplicada nas empresas?

A sua distribuidora tem muito a ganhar ao inserir a metodologia lean em seus processos logísticos. A vantagem mais clara é o aumento dos lucros. Afinal, a ideia é reduzir gastos desnecessários e elevar a produtividade. Consequentemente, isso proporciona maiores ganhos no decorrer do tempo.

Além do mais, os gestores começam a ter mais controle sobre a instituição ao aderir essa estratégia. Isso ajuda na tomada de decisões e auxilia os líderes nas mudanças que a empresa precisa realizar para obter bons resultados.

Como a logística lean pode ser incorporada no mercado atacadista?

É primordial saber como implementar a logística lean no mercado atacadista para que os objetivos aconteçam de forma correta. Saiba agora como realizar esse processo!

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

Realize um estudo logístico

Inicie realizando uma análise de todo o setor logístico da sua organização, encontre as atividades e os colaboradores envolvidos em cada etapa e os resultados ocasionados. A partir desse momento, você será capaz de estudar a maneira como a logística do seu empreendimento se organiza atualmente. Com isso, é possível encontrar o que pode ser modificado e eliminado para se adequar ao modelo lean.

Inverta o fluxo de valor

É necessário ressaltar que, na logística lean, o fluxo de valor é invertido. Isso quer dizer que o cliente é quem estabelece os processos mais eficientes de produção, a matéria-prima a ser usada e os gastos que devem ser excluídos.

Logo, ao identificar quais são seus clientes e realizar um estudo a respeito deles, você será capaz de compreender quais são aquelas atividades e processos que geram valor para o consumidor final e, assim, elaborar um método para a inserção da logística lean.

Conte com a tecnologia

Inserir esse modelo lean não é uma tarefa simples. Contudo, existem diversas ferramentas tecnológicas que podem ajudar o atacadista durante essa fase. Por exemplo, os softwares ERP são capazes de realizar toda a gestão de estoque, finanças e logística. Além disso, deixam todos os processos de maneira automatizada e integrada. Não se esqueça de que administrar dados é um dos pontos mais importantes para inserir a logística lean.

Como vimos, a logística lean no mercado atacadista faz toda a diferença. Assim, quando o empreendedor decide não aderir a essa metodologia, seus resultados podem não ser satisfatórios, seus lucros não são elevados e, além do mais, ele gastará recursos com atividades que não geram retorno para seu negócio. É fundamental se destacar da concorrência e elevar a rentabilidade para conseguir lugar no mercado, e a aplicação da logística lean é uma estratégia para isso.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para ler sobre “Logística integrada: o que é e como beneficiará seu negócio?”.

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert