fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Gestão   /  Emissão em contingência NF-e: o que é e quando devo usar?
emissão em contingencia nfe

Emissão em contingência NF-e: o que é e quando devo usar?

O empresário que utiliza a Nota Fiscal Eletrônica nem sempre consegue emiti-la na hora da venda devido a problemas de conexão com a Secretaria da Fazenda (SEFAZ). Todavia, ele não precisa ficar sem fazer a operação, pois a emissão em contingência da NF-e é permitida.

Entretanto, mesmo sabendo disso, essa prática gera inúmeras dúvidas quanto ao funcionamento, momento correto de uso, entre outros. Por isso, trouxemos um artigo sobre o tema. Confira os detalhes a seguir. Boa leitura!

O que é contingência de NF-e e quais são as suas modalidades?

A emissão em contingência da NF-e ocorre quando o sistema emissor da nota fiscal não se conecta com o webservice da SEFAZ estadual por motivos de lentidão ou falta de transmissão. Dessa forma, para não deixar o cliente insatisfeito, é utilizado esse recurso, a fim também de evitar problemas fiscais para a empresa.

No entanto, no processo normal, o contribuinte gera a NF-e, a transmite para a Secretaria autorizada e imprime o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE). Já quando é feita em contingência, ela precisa ser emitida em até 24 horas após a venda, porém somente alguns estados adotam essa possibilidade porque ela substitui o cupom fiscal. Além disso, não pode ser cancelada e não é possível fazer uma carta de correção. Inclusive, existem quatro modalidades:

  • Formulário de Segurança (FS): é empregado no impedimento da autorização da NF-e por motivo de ausência de conexão com a SEFAZ ou demais opções de contingência. Quando isso acontece, o contribuinte emissor pode fazer a impressão do DANFE em formulário de segurança. Logo, o envio é realizado após resolver os problemas de transmissão;
  • Formulário de Segurança para Impressão de Documento Auxiliar do Documento Fiscal Eletrônico (FS-DA): parecido com o anterior, tem alterado somente o FS por FS-DA;
  • Sistema de Contingência do Ambiente Nacional (SCAN): essa alternativa é semelhante ao ambiente da Secretaria da Fazenda de origem, porém sua transmissão é por outra estrutura do webservice. Ela é utilizada quando há manutenção ou problemas técnicos. Assim, sua emissão é pelo SCAN, com impressão em papel do DANFE;
  • Declaração Prévia de Emissão em Contingência (DEPC): essa modalidade autoriza a NF-e em contingência com o registro prévio do resumo das notas emitidas. Desse modo, gera uma declaração informando a necessidade da contingência para que o DANFE seja impresso.

Quando é necessário usar a contingência de NF-e?

Como já dito, a emissão em contingência NF-e é realizada na falha de comunicação com a SEFAZ do estado. Na verdade, o contribuinte terá que escolher uma das modalidades apresentadas acima para poder gerar a nota fiscal.

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

Nesse sentido, como há diferentes maneiras de atuar, é necessário estar atento para evitar erros durante o processo. Uma dica é usar um sistema de gestão que organize e gerencie o negócio. Com isso, as notas são geradas de acordo com a legislação estadual, prevenindo problemas fiscais.

Essa plataforma faz a emissão em contingência da NF-e de forma simples e rápida, pois o software oferece os caminhos para preencher o documento conforme as exigências de cada estado. Também estabelece o contato com a SEFAZ automaticamente, no prazo determinado. Caso ocorra a expiração, o sistema alerta os responsáveis pelo webservice do governo. Ademais, encaminha as notas feitas para a contabilidade, favorecendo a rotina fiscal.

Portanto, para ajudá-lo em todo o processo, sugerimos a ION Sistemas, com seu serviço de pronta entrega. Ele controla as vendas realizadas e a baixa no estoque local do veículo. Assim, traz maior controle pela plataforma. Com isso, o vendedor realiza a devolução das mercadorias não vendidas a fim de que fiquem disponíveis para outros vendedores.

Inclusive, esse módulo é compatível com as principais impressoras portáteis com comunicação bluetooth do mercado. Aliás, caso o Enterprise Resource Planning (ERP) tenha suporte, é possível realizar a emissão de DANFE em contingência por meio dele.

Esclarecemos suas dúvidas sobre emissão em contingência da NF-e? Então, permita que outras pessoas também tenham acesso a essas informações. Para isso, compartilhe este texto em suas redes sociais!

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!