Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Gestão   /  Saiba como calcular a previsão de faturamento de forma eficiente
Saiba como calcular a previsão de faturamento de forma eficiente

Saiba como calcular a previsão de faturamento de forma eficiente

Uma previsão de faturamento eficaz é primordial para que os gestores da organização possam tomar decisões melhores. Ao antecipar como serão as vendas e os ganhos nos próximos meses, essa ferramenta permite que a empresa crie um bom plano de negócios, preveja períodos de poucas vendas e planeje ações futuras que garantam o progresso da marca e a sua competitividade no mercado.

Por conta disso, essa previsão financeira é umas das estimativas mais fundamentais para a organização. Afinal, seja qual for o seu porte e do setor, todos os negócios apresentam um fator comum: não têm como existir sem vender e faturar. Isso é o que determina o sucesso de uma empresa.

Ainda assim, existem muitas dúvidas que rondam a previsão de faturamento. Então, para ajudar você a entendê-la melhor, preparamos este post especial sobre o assunto! Acompanhe e confira.

Afinal, o que é previsão de faturamento?

Como o próprio nome já sugere, trata-se de projetar as possibilidades do volume a ser vendido em um período futuro. Normalmente, essa ação é feita tomando por base dados mercadológicos da empresa, como a quantidade vendida no mesmo mês dos anos anteriores. Tendências de mercado também precisam ser levadas em conta.

É importante lembrar que uma boa previsão de faturamento deve ser realista. Existe uma diferença entre desejar aumentar as vendas e encontrar condições plausíveis para isso. O crescimento acontece pautado em dados e ações concretas, e esse deve ser o principal objetivo das suas projeções.

Qual é a sua importância em uma empresa?

A previsão de vendas deveria ser um item obrigatório para todo negócio. Afinal, é a partir dela que você vai definir as metas da sua equipe comercial e traçar estratégias de marketing para que os valores obtidos superem as expectativas. Falando em dia a dia, uma projeção bem-feita é o que garante um bom planejamento financeiro.

Quais são os benefícios dessa prática?

Como dissemos, a previsão de faturamento traz diversos benefícios para a empresa. A seguir, vejamos os principais deles.

Controle de estoque

Várias empresas acabam tendo prejuízos por falhas no seu controle de estoque. Muitas vezes, itens de primeira necessidade ficam em falta, enquanto outros permanecem parados por meses — e isso é péssimo para o seu fluxo de caixa. Diante disso, a previsão de vendas permite um planejamento de compras de matéria-prima e suprimentos com maior consciência e assertividade.

Elaboração de ações de marketing

Aquela máxima de que a “propaganda é a alma do negócio” continua em alta nos dias atuais. Aliás, com tantas ferramentas tecnológicas à mão, ficou muito mais fácil divulgar produtos e serviços.

Ainda assim, uma boa previsão de faturamento ajudará você a tomar as ações necessárias para impulsionar ainda mais as suas vendas. Trata-se, em outras palavras, de uma forma de aproveitar essa “maré” favorável.

Motivação e reconhecimento de equipe

Nada é melhor do que objetivos cumpridos para manter uma equipe comercial motivada, certo? Para que isso seja possível, no entanto, é necessário traçar metas realistas.

Quando você as define com base em uma previsão de vendas, isso se torna mais fácil. Você traça metas reais e a sua equipe consegue alcançá-las, se tornando ainda mais motivada. Inclusive, vale lembrar: colaboradores satisfeitos são grandes agentes para o desenvolvimento empresarial.

Como fazer essa previsão de faturamento na empresa?

Bom, já vimos a importância de um bom planejamento de vendas. Mas, afinal, como é possível colocá-lo em prática? Não se preocupe: nós te ajudamos! Confira, abaixo, algumas dicas para fazer a sua previsão financeira.

Compreenda o seu negócio

O empreendedor só conseguirá fazer um cálculo real se entender o que o seu negócio faz ou fará, de fato. Nesse sentido, é preciso responder às seguintes perguntas:

  • Do que trata a sua empresa?
  • Quem são os seus principais consumidores?
  • Qual foi o valor investido no negócio?
  • Qual é o tempo estimado para o retorno desse investimento?
  • Qual é a média de faturamento do seu empreendimento?

Todas essas informações ajudam a delinear o perfil do negócio — que é o passo mais importante para fazer a previsão financeira de maneira fundamentada e realista.

Monitore a concorrência

Além de analisar os seus dados, é preciso acompanhar os das empresas que concorrem com você no mercado. Por mais que sejam organizações diferentes, o mercado costuma se comportar da maneira similar diante dos cenários políticos, econômicos e demográficos. Então, tenha um registro dos produtos que mais geram lucros e descubra os que mais vendem na concorrência.

Monitorando seus concorrentes, o administrador pode elaborar uma previsão do que poderá vender mais e do quanto ele será capaz de lucrar. Além disso, usar dados de outras empresas como referência também é útil para não cometer erros drásticos nessa previsão.

Analise os dados do mesmo período em anos anteriores

Se o empreendedor já tem o negócio há mais de um ano, é preciso analisar o mesmo período do ano anterior para saber qual foi o valor faturado e o que mais vendeu. Para isso, obviamente, é fundamental que ele tenha guardado  no papel ou digitalmente  o seu histórico de vendas. Assim, ele conseguirá prever o faturamento da organização de modo muito mais verdadeiro.

É preciso analisar qual foi a variação média registrada nos últimos meses, e qual é o mês em que a empresa costuma vender mais. Avaliar esses dados ajuda a projetar como serão as vendas futuras e contribui para otimizar o processo de compra e venda.

Não se esqueça de levar em consideração o cenário financeiro no ano em que a comparação é realizada, pois isso também interfere na projeção da sua empresa. Por mais que seja a mesma época, se as situações econômicas forem distintas nos dois anos, será preciso considerar essas disparidades.

Conheça o seu público

A previsão de faturamento só é verídico quando o investidor conhece realmente o comprador, ou seja, quem fará a sua empresa faturar e ganhar destaque no mercado. Assim, uma dica para gerar um bom histórico e realizar previsões de faturamento significativas é analisar o máximo de dados que você conseguir obter do seu consumidor.

Os hábitos e comportamentos de compra do público contribuirão para o gestor traçar estratégias de valores que impactarão nos faturamentos posteriores. Nesse sentido, as projeções de receitas serão reais, pois considerarão o cliente — a peça chave para o sucesso da empresa.

Analise a situação do mercado

Fatores externos influenciam diretamente as vendas da organização. Por isso, devem ser levados em consideração no momento de fazer uma previsão. Um ponto externo imprescindível, por exemplo, é a economia do país em que a empresa está inserida.

Épocas de crise, como a vivida pelo Brasil atualmente, resultam na redução do poder de compra da população e refletem imediatamente no faturamento do negócio. Como as pessoas compram pouco e a empresas também se beneficiam menos nesses momentos, avaliar a economia do país é essencial para conseguir um resultado mais realista.

Não confunda o fluxo de caixa com a receita

Tanto o fluxo de caixa quanto a receita são utilizados como indicadores para ajudar os empreendedores ou analistas a avaliar a saúde financeira de um negócio. Contudo, a receita proporciona uma medida de eficácia em vendas e marketing, enquanto o fluxo de caixa é um indicador de liquidez ou gerenciamento de dinheiro.

A importância crítica do fluxo de caixa está na capacidade de uma organização continuar funcional, ou seja, de poder cumprir com os deveres e as obrigações financeiras que tem a curto prazo.

Liste as ações estratégicas de marketing programadas pela empresa

É muito importante saber quais são as ações que os setores de marketing e vendas planejam para o futuro. As promoções, por exemplo, ajudam a alavancar os negócios — logo, interferem no resultado da previsão financeira. Já as campanhas de marketing atraem os consumidores e podem motivar a realização de compras na empresa.

Trabalhe com esses setores para registar todas as atividades programadas no ano, e considere expectativas de vendas reais provocadas por elas na hora de fazer a projeção.

Utilize métodos simples e ferramenta práticas

Ferramentas como planilhas de sistemas de gestão ajudam a obtenção de resultados mais precisos e rápidos a respeito das vendas passadas, garantindo também previsões melhores. A previsão de faturamento precisa ser monitorada ao longo do ano, e as mudanças devem ser realizadas sempre que possível. Por isso, é altamente indicado que sejam aplicados métodos simplificados nos cálculos.

Contar com um sistema de gestão que permita o armazenamento e a consulta fácil de históricos de vendas anteriores, além de acompanhar as metas da sua equipe comercial, facilita bastante o seu planejamento. O ideal, inclusive, é utilizar dados automatizados para fazer a previsão da forma mais eficiente possível. Assim, a criação de cenários com os futuros fluxos de faturamento e as despesas da sua empresa fica bem mais simples.

Enfim, como vemos, a previsão de faturamento é uma forma eficaz de otimizar os seus esforços em busca do crescimento da empresa. Hoje em dia, ela se tornou mais fácil graças às ferramentas tecnológicas que temos à mão. Isso significa, entretanto, que a nossa responsabilidade e comprometimento devem ser ainda maiores ao traçar estratégias de marketing e orientar a equipe comercial.

Então, gostou da leitura? Se você deseja implantar essa previsão na sua empresa, entre em contato conosco e conheça nossas soluções!