Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Gestão   /  Saiba como calcular a previsão de faturamento de forma eficiente
previsão de faturamento

Saiba como calcular a previsão de faturamento de forma eficiente

Uma previsão de faturamento eficaz é um elemento primordial para que os gestores da organização possam tomar decisões melhores. Ela é feita para antecipar como serão as vendas e os ganhos nos próximos meses.

Desse modo, é uma ferramenta essencial para que a empresa crie um bom plano de negócios, antecipe períodos de poucas vendas e planeje ações futuras que garantam o progresso da marca e a sua competitividade no mercado.

Logo, a previsão financeira é umas das estimativas mais fundamentais para a organização, já que, independentemente do porte e do setor, todos os negócios apresentam um fator comum: não tem como existir sem vender e faturar.

Confira algumas dicas para fazer uma previsão financeira!

Compreenda o seu negócio

O empreendedor só conseguirá fazer um cálculo real se entender o que o seu negócio faz ou fará de fato. É preciso responder às seguintes perguntas:

  • do que trata a sua empresa?
  • quem são os seus principais consumidores?
  • qual foi o valor investido no negócio?
  • qual é o tempo estimado para o retorno do investimento?
  • qual é a média de faturamento do seu empreendimento?

Essas informações ajudam a delinear o perfil do seu negócio, que é o passo mais importante para fazer a previsão financeira de maneira fundamentada e realista.

Monitore a concorrência

Além de analisar os seus dados, é preciso acompanhar os das empresas que concorrem com você no mercado. Então, tenha um registro dos possíveis produtos que mais geram lucros e descubra os que mais vendem na concorrência.

Por mais que sejam empresas diferentes, o mercado se comporta da mesma maneira devido aos cenários políticos, econômicos e demográficos. Monitorando o concorrente, o administrador pode elaborar uma previsão do que poderá vender mais e o quanto será capaz de lucrar.

Além disso, usar dados de outras empresas como referência é o ideal para não cometer erros drásticos na previsão.

Analise os dados do mesmo período em anos anteriores

Se o empreendedor já tem o negócio há mais de um ano, é preciso analisar o mesmo período do ano anterior para saber qual foi o valor faturado e o que mais vendeu.

É fundamental que o administrador tenha guardado seja no papel ou digitalmente o seu histórico de vendas; assim, ele conseguirá prever o faturamento da organização de modo muito mais verdadeiro.

É preciso analisar qual foi a variação média registrada nos últimos meses e qual é o mês em que a empresa costuma vender mais. Avaliar esses dados ajuda a projetar como serão as vendas futuras e contribui para otimizar o processo de compra e venda.

Não se esqueça de levar em consideração o cenário financeiro no ano em que a comparação é realizada, pois isso interfere na projeção de sua empresa. Por mais que seja na mesma época, se as situações econômicas forem distintas, será preciso considerar as disparidades.

Conheça o seu público

As previsões de faturamento só são verídicas quando o investidor conhece realmente o comprador, ou seja, quem fará a sua empresa faturar e ganhar destaque no mercado.

Uma dica para gerar um bom histórico e realizar previsões de faturamento significativas é analisar o máximo de dados que conseguir obter do seu consumidor. Os hábitos e comportamentos de compra do público contribuirão para o gestor traçar estratégias de valores que impactarão nos faturamentos posteriores.

Nesse sentido, as projeções de receitas serão reais, pois considerarão o cliente, que é a peça chave para o sucesso da empresa.

Analise a situação do mercado

Os fatores externos influenciam diretamente nas vendas da organização; por isso, devem ser levados em consideração no momento de fazer uma previsão.

Um ponto externo imprescindível é a economia do país em que a empresa está inserida. Épocas de crise, como a vivida pelo Brasil atualmente, resultam na redução do poder de compra da população e refletem imediatamente no faturamento do negócio.

Sendo assim, as pessoas compram pouco e a empresas também se beneficiam menos. Então, avaliar a economia do país é essencial para conseguir um resultado mais realista.

Não confunda o fluxo de caixa com a receita

Tanto o fluxo de caixa quanto a receita são utilizados como indicadores para ajudar os empreendedores ou analistas a avaliarem a saúde financeira de um negócio.

Contudo, a receita proporciona uma medida de eficácia em vendas e marketing, enquanto o fluxo de caixa é um indicador de liquidez ou gerenciamento de dinheiro.

A importância crítica do fluxo de caixa está na capacidade de uma organização em continuar funcional, ou seja, poder cumprir com os deveres e as obrigações financeiras que tem a curto prazo.

Liste as ações estratégicas de marketing programadas pela empresa

É importante saber quais são as futuras ações que os setores de marketing e vendas planejam. Por exemplo, as promoções ajudam a alavancar os negócios, por isso, interferem no resultado da previsão financeira.

As campanhas de marketing atraem os consumidores e podem motivar a realização de compras na empresa. Portanto, trabalhe com estes setores para registar todas as atividades programadas no ano e considere expectativas de vendas reais provocadas por elas na hora de fazer a projeção.

Utilize métodos simples e ferramenta práticas

Ferramentas como planilhas de sistemas de gestão ajudam a conseguir resultados mais precisos e rápidos a respeito das vendas passadas. Elas também são necessárias para agilizar a tarefa e garantir previsões melhores.

A previsão de faturamento precisa ser monitorada ao longo do ano e as mudanças devem ser realizadas sempre que possível. Por isso, é altamente indicado que sejam aplicados métodos simplificados nos cálculos.

Portanto, o ideal é utilizar dados automatizados para conseguir fazer a previsão da forma mais eficiente possível. Com a automação dos processos, a criação de cenários com os futuros fluxos de faturamento e as despesas da sua empresa ficam mais simples.

Logo, automatizar ajuda planejar os possíveis gastos e ganhos, o que é essencial para fazer uma previsão de faturamento do negócio que seja a mais realista possível.

Se você gostou das informações deste post, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros assuntos relacionados!