Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Tecnologia   /  Plataforma de vendas: veja como escolher a ideal para o seu negócio
plataforma de vendas

Plataforma de vendas: veja como escolher a ideal para o seu negócio

Toda empresa deseja obter alta lucratividade, mas, para que isso ocorra de fato, é fundamental ter uma plataforma de vendas. Para obter a solução ideal, é preciso assegurar que ela tenha recursos que possibilitem uma maior eficiência dos profissionais e otimização do tempo.

Nesse sentido, se o empreendedor está atento ao desenvolvimento do mercado e acompanha as novidades desenvolvidas para tornar a gestão de vendas mais simples e inteligente, já deve ter escutado a respeito dos sistemas de vendas.

Eles consistem em serviços e programas elaborados para melhorar a rotina e reduzir o ciclo de vendas, tornando o negócio mais vantajoso e eficiente. Continue a leitura e aprenda como escolher a melhor plataforma para a sua empresa!

O que é uma plataforma de vendas?

As plataformas de vendas são mecanismos que auxiliam os vendedores em uma empresa, proporcionando maneiras mais eficientes de administrar contatos, gerenciar vendas e negociações, bem como elevar a qualidade da relação com o consumidor e, dessa forma, aumentar as vendas efetuadas.

Ou seja, esse software se faz cada dia mais indispensável, visto que permite que a organização tenha uma interação mais efetiva com os consumidores.

As plataformas de vendas permitem a realização relatórios e análises de vendas, com várias segmentações e detalhes (por dia, semana ou mês, por vendedor, determinado produto ou serviço), entre outras funcionalidades de grande importância para a empresa.

A plataforma escolhida deverá ajudar o empreendedor a administrar e centralizar todas as variáveis que participam do processo de vendas. Por exemplo, gestão de estoque, entrega, meios de pagamento, apresentação de produtos para os clientes, entre outras, com o intuito de simplificar o máximo possível todos os processos.

Para que serve uma plataforma de vendas?

Primeiramente, é importante saber que as vendas são fundamentais para o funcionamento pleno da organização, independentemente da área de atuação ou setor, de seu segmento no mercado, ou mesmo de seus consumidores.

Por diversas vezes, a gestão de vendas não é efetuada de maneira correta e organizada, ou seja, não conta com ferramentas e sistema para avaliação, controle e potencialização de resultados.

Ou, quando conta, os funcionários não sabem utilizar o sistema de forma ágil e de maneira que gere resultados positivos para a empresa. Analisar, sistematizar e gerenciar as vendas é algo imprescindível. Nesse sentido, o uso de sistemas de vendas serve para:

  • melhorar a rotina de vendas;
  • tornar a empresa mais eficiente e lucrativa;
  • automatizar o processo de vendas por meio do autoatendimento;
  • personalizar o layout conforme o seu desejo;
  • organizar o catálogo de preços, produtos e promoções;
  • viabilizar a comunicação do cliente por texto, voz ou chat online;
  • gerenciar todo o conteúdo institucional ou legal do negócio;
  • viabilizar a criação de landing pages e pop-ups de promoção;
  • administrar as finanças provenientes das vendas online;
  • controlar o estoque de mercadorias disponíveis;
  • controlar pedidos e o processo de entrega;
  • manter o histórico de compra e de intenção de compra do consumidor;
  • automatizar o pagamento via cartão de débito, crédito e transferência bancária, e controlar o faturamento;
  • enviar alertas por e-mail sobre a situação de seu pedido.

Essas são somente algumas funcionalidades que uma plataforma de vendas eficaz pode proporcionar para a sua empresa. Quando se opta por um bom sistema para atacadista ou distribuidor, a quantidade de operações aumenta, pois elas são capazes de potencializar as vendas.

Quais as funções de uma plataforma de vendas?

Na prática, as plataformas para gestão de vendas apresentam várias funcionalidades, com o intuito de melhorar as atividades e processos que se relacionam com a administração da organização. Veja cada uma dessas funções a seguir.

1. Sistema de ponto de venda

Os softwares direcionados para os atacadistas oferecem sistemas de pontos de venda, ou seja, interfaces que automatizam as compras e outras atividades no caixa do estabelecimento.

Desse modo, além de efetuar as vendas dos produtos, os vendedores podem consultar preço e fazer orçamentos com alguns cliques, facilitando o seu serviço e proporcionando rapidez no atendimento ao cliente.

2. Controle de transações realizadas

Outra funcionalidade tradicional é a visualização de todas as transações realizadas na empresa. O acompanhamento pode ser filtrado por período do dia, produtos, datas e até mesmo por clientes.

3. Integração dos demais sistemas da empresa

Com a variedade de aparatos tecnológicos no mercado, é muito recorrente encontrar atacadistas que usam mais de um sistema para fazer a gestão do negócio. O contratempo é que as informações ficam separadas e não permitem uma avaliação completa para o empreendedor.

Com um software integrado, é possível analisar dados de outros sistemas e ter uma visão completa do progresso do negócio. Além de tudo, é possível enviar as informações de vendas para outras ferramentas utilizadas.

4. Emissor de documentos fiscais

Uma das tarefas mais primordiais de um atacadista é a emissão de documentos ficais. Por exemplo, Nota Fiscal ao Consumidor (NFC-e), Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) ou Cupom Fiscal (ECF).

Com o software para gestão de venda, é possível mecanizar a emissão desses documentos por meio de pedidos de vendas, reduzindo retrabalhos para o contador da organização, bem como aqueles erros mais comuns e que podem provocar problemas com o Fisco, como equívocos nos valores encontrados.

5. Alteração de estoque

Com uma plataforma de gestão de vendas, também é possível fazer mudanças no estoque na empresa de maneira automática. O sistema dá baixa nos produtos vendidos, atualizando os dados para o atacadista.

6. Planejamento de rotas

A inserção de boas plataformas de vendas contribui para realizar um bom planejamento de rotas. Se você é responsável pela gestão na área de atacado e distribuição, vai entender bem essa função. Garantir a eficiência na disponibilidade e entrega de mercadorias passa, obrigatoriamente, pela produtividade dos colaboradores.

Compreender a necessidade de contar com um planejamento de rotas traz confiabilidade ao negócio, otimização do trabalho de logística e redução no tempo.

7. Automação da força de vendas

Uma das principais funções da plataforma de vendas é a automação da força de vendas. Esse processo exerce um dos papéis mais essenciais em uma empresa.

É dela a função de avaliar todo o processo comercial e monitorar cada esforço dos representantes, especialmente, na reta final das operações.

Diante do que foi exposto, fica claro a importância de otimizar as vendas com a automação das tarefas manuais da empresa, que consomem um tempo precioso dos colaboradores.

8. Gestão de metas

O sucesso e a lucratividade nas operações são objetivos comuns de toda organização. Tendo isso em vista, ao adquirir uma boa plataforma de vendas, é possível apresentar uma gestão de metas eficiente, que garanta que a empresa está indo pelo caminho certo.

Com o uso da solução, as coisas ficarão mais simples e os gestores conseguirão encontrar as falhas e pontos que necessitam ser corrigidos, para que, desse modo, consigam guiar os seus funcionários para o alcance de resultados satisfatórios.

Além disso, a plataforma de vendas contribui para que a gestão de metas ajude melhorar o desempenho dos gestores, vendedores e da empresa como um todo.

9. Relatório de vendas

Um bom software oferece um conjunto de relatórios operacionais para que o administrador consiga realizar uma melhor avaliação do desempenho do empreendimento. Esses documentos podem ser consultados e personalizados de maneira digital, proporcionando mais mobilidade para os investidores.

Qual a importância de uma plataforma de vendas?

Uma ferramenta simples deixa o processo de aprendizado rotineiro muito mais eficaz. Se o gestor consegue ter acesso rápido e fácil ao que precisa no sistema, ele jamais vai perder uma boa oportunidade.

Então, dizer que a gestão de vendas é um dos fatores mais importantes para o progresso do negócio, certamente, é uma das frases mais faladas pelos executivos.

No entanto, fazer com que a sua empresa continue com seu ritmo de vendas e consiga crescer não é uma das tarefas mais simples. É preciso conhecimento e softwares produzidos especialmente com essa finalidade.

Seja qual for o ramo de atuação, online ou offline, contar com um controle de vendas e negociação é de grande importância, pois ele funciona como bons indicadores de vendas. Desse modo, para ofertar ajuda em várias atividades de gestão, as plataformas de vendas podem ser o diferencial para a obtenção de resultados concretos para o seu empreendimento.

Afinal, englobam uma variedade cada vez mais ampla de dados, serviços e ferramentas, o que torna a gestão de vendas mais eficiente e certifica que os vendedores, empreendedores, gestores e dono de empresas dos mais diversos segmentos atinjam seus objetivos.

Quais os benefícios de uma plataforma de vendas?

O uso das plataformas de vendas permite que a empresa seja mais dinâmica e atrativa, otimizando também a gestão do tempo. Desse modo, como resultado da adoção de uma boa plataforma para gerir as vendas, a organização tem acesso a vários benefícios. A seguir, você conhecerá os principais.

1. Maior controle na gestão

A utilização de plataformas de vendas não só proporciona praticidade na compra a qualquer momento, como também permite um controle cuidadoso de cada pedido. Com a ajuda de uma plataforma, a gestão de vendas se torna muito mais organizada e prática.

Desse modo, com um sistema automatizado nas vendas e acesso às informações necessárias do desenvolvimento do negócio, o atacadista gerencia melhor o seu estabelecimento, tomando decisões mais certeiras.

2. Aumento da satisfação dos clientes

Os clientes também se beneficiam com a utilização de um software para gestão de vendas, uma vez que o atendimento é realizado de maneira mais rápida e eficiente, fator que contribui tanto para atrair novos consumidores quanto para fidelizar os atuais.

Além disso, eles conseguem ter acesso a documentos fiscais que permitem mais segurança em suas transações. Isso possibilita que eles gerenciem seus gastos com mais precisão.

3. Aumento das vendas

Esse novo ambiente no ponto de venda, com mais inteligência na gestão e benefícios para o cliente, naturalmente, leva ao aumento das vendas da empresa.

Com a satisfação dos consumidores, a tendência é de que eles retornem ao estabelecimento e o indiquem para outras pessoas, gerando marketing boca a boca para o atacadista, algo decisivo em ramos com muitos concorrentes.

4. Aumento da segurança nas operações

Uma das maiores vantagens para o negócio que adota uma plataforma de vendas para sua gestão é o aumento da segurança nas operações. Sistemas informatizados minimizam os erros que prejudicam a validade dos dados, além de proporcionar o maior controle dos documentos fiscais da empresa, algo primordial para mantê-la sempre regularizada.

5. Redução de custos

Como os processos estão mais eficientes no negócio, os gastos são reduzidos. Custos provocados por erros dos colaboradores e frustrações dos clientes são eliminados, bem como o custo de ter mercadorias paradas nas prateleiras.

Inclusive, com a automatização, o empreendedor garante que a gestão fiscal seja feita da maneira correta, seguindo as exigências feitas pela Secretaria da Fazenda (SEFAZ), evitando qualquer tipo de contratempo com o Fisco e consequentes multas e cobranças.

6. Maior vantagem competitiva

Ao aproveitar todos os benefícios mencionados acima, o investidor aperfeiçoa sua empresa, garantindo maior vantagem competitiva para o negócio, e até mesmo ficando à frente da concorrência.

Com todos esses benefícios, fica claro que um software para gestão de vendas é uma ótima opção para os empreendedores que desejam vender mais, otimizar o atendimento e melhorar os processos de gestão.

Como escolher a plataforma de vendas ideal?

Melhorar a metodologia e a gestão de vendas é fundamental para um negócio se desenvolver no mercado. Desse modo, aderir ao uso de um bom software de vendas facilita o alcance desse propósito. Isso porque, com o constante progresso da tecnologia, as metodologias e ferramentas direcionadas às vendas também acompanham esse desenvolvimento.

Nesse sentido, se o empresário deseja atualizar a sua gestão de vendas e monitorar o avanço tecnológico, é fundamental conhecer os requisitos de uma ferramenta capaz de auxiliar no processo.

Assim, poderá se organizar melhor, economizar tempo, recursos e energia. Lembre-se também de que esse é um processo de transição.

Ou seja, é preciso ter calma no momento de apresentar essas novidades para o time de vendas, bem como conhecer as principais opções que se adaptam à realidade da empresa. É necessário salientar que é possível usar várias ferramentas combinadas, sobretudo, tendo em vista que os softwares de gestão e vendas são essenciais para o negócio.

O importante é compreender os problemas que a solução pode solucionar e optar por aquela que pode contribuir para os seus resultados. Sendo assim, antes de escolher a plataforma, é fundamental responder às seguintes perguntas.

1. Por que a sua empresa precisa de uma plataforma de vendas

É um grande desafio para as grandes e pequenas empresas se relacionarem com os contatos motivados pelas campanhas de marketing e prospecção de vendas, e até mesmo o contato direto pode parecer uma tarefa muito exigente e complicada de ser realizada de forma eficiente.

Contudo, para as organizações que contam com um sistema de vendas atualizado e moderno, esse processo é mais simples do que parece.

Além disso, para os negócios em desenvolvimento ou expansão, organizar a atuação conjunta do marketing, da gestão financeira e do departamento de vendas também é essencial, sendo possível realizar essas tarefes de maneira mais ágil e descomplicada por meio do uso de um sistema de vendas eficiente.

Se a organização conta com uma rotina de vendas, como registro de negociação e contato, cadastro de clientes, organizações de contas e parcerias, ou mesmo de metas e perspectiva de vendas, ela se beneficiará do uso de sistema de vendas.

Assim, terá maior controle sobre os resultados e contará com uma ferramenta que permitirá efetuar essas atividades de maneira dinâmica, prática e organizada.

É tradicional que as empresas tenham dados espalhados em diferentes planilhas. Mas, com uma boa plataforma de vendas, as informações ficam agrupadas em um único lugar, facilitando a análise de dados e possíveis correções de trajetória.

É importante frisar que, entre os processos comerciais necessários para o funcionamento eficiente de uma empresa, a capacidade de gestão integrada dos setores vitais de vendas também faz com que a aproximação com o cliente, a prospecção de vendas e até mesmo o pós-venda se tornem mais eficientes e atraentes.

2. O que você vai vender

É necessário compreender o ramo em que a sua empresa atua, bem como suas especificidades. Por exemplo, se a sua empresa trabalha com moda, é necessário dispor de uma plataforma que possibilite cadastrar várias características de um mesmo produto. Por exemplo, um mesmo modelo de moletom, mas em cores e tamanhos diferentes.

3. Qual a dimensão da sua operação

É óbvio que quem inicia um empreendimento sempre tem grandes expectativas. Mas, na hora de optar por uma boa plataforma de vendas, é imprescindível considerar o verdadeiro tamanho de sua organização e sua projeção de desenvolvimento em curto, médio e longo prazo.

Dessa maneira, o investidor buscará parceiros capazes de atender às suas demandas sem necessitar pagar por serviços que não vai utilizar no momento.

4. É preciso ter integrações e aplicativos na sua loja

Compreenda a plataforma como uma grande parceira no crescimento de sua empresa. Sendo assim, busque por aquelas que ofertam integrações importantes com sistemas de gestão (ERP), suporte logístico e meios de pagamentos, além de um conjunto de aplicativos “plugáveis” à sua empresa, com o propósito de otimizar o dia a dia junto ao consumidor.

Vale destacar que existem plataformas de vendas que conectam chatbots para atendimento, marketing digital, integrações com marketplaces, ferramentas de upload massivo de anúncios, entre outros benefícios.

5. Como ofertar a melhor experiência de compra

A melhor estratégia para um canal de vendas crescer é apresentar tanto serviço quanto produtos de qualidade. É essencial que a estrutura seja capaz de dar conta de um futuro crescimento, além de atrair mais tráfego e investir em mídia ou outro modelo de divulgação.

Diante disso, as organizações precisam optar por uma plataforma que considere as variáveis anteriores. Afinal, ela precisará se adequar e se integrar para trabalhar com eficiência e de maneira centralizada.

Quais erros devem ser evitados ao escolher a plataforma de vendas?

Como já mencionado, um dos fatores de extrema relevância para o sucesso do negócio é a escolha da plataforma de vendas. Para ter sucesso nessa tarefa, conheça agora os erros mais comuns que precisam ser evitados ao contratá-la.

1. Basear a escolha tendo somente o preço como parâmetro

Nunca se deve começar a escolher a plataforma para sua empresa pelo preço, e sim se ela será capaz de atender às necessidades do seu negócio, de acordo com o orçamento que você pretende investir.

2. Não atentar para recursos cobrados de forma avulsa

Optar por uma plataforma sem dar a devida atenção aos recursos que estão inclusos e os que são cobrados de forma avulsa é outro erro a ser evitado. É muito comum algumas plataformas informarem que fazem diversas integrações e que dispõem de muitos recursos, mas algumas cobram serviços avulsos ou utilizam serviços de terceiros para disponibilizar alguma função.

3. Escolher solução Open Source sem considerar gastos envolvidos

Não escolha uma plataforma Open Source confiando que será uma solução sem gastos. A adequação, o desenvolvimento e a customização do sistema Open Source apresentam custos e precisam ser feitos por um profissional especializado.

4. Direcionar todos os recursos para contratar a plataforma

Investir toda a verba para ter a melhor plataforma e, depois, não ter dinheiro suficiente para a divulgação, o que é essencial para uma loja nova, é mais um erro que você deve evitar. Realize sempre um planejamento para não comprometer o orçamento da empresa.

5. Não procurar opiniões de quem já usa a solução

Não procurar atacadistas e distribuidores que já fazem uso da plataforma. É comum o dono da plataforma indicar a dele como a melhor, mas quem realmente usa a plataforma é que conhece as vantagens e as desvantagens.

6. Desconsiderar outros gastos necessários

Não ter atenção especial aos custos envolvidos na implantação e manutenção da solução. É preciso ficar atento aos seguintes gastos: configuração, desenvolvimento, mensalidade e atualização de layout.

7. Não avaliar se a plataforma atende às necessidades da empresa

Escolher uma plataforma por impulso. Deve-se optar por uma plataforma adequada à sua empresa e que possa atendê-la nos próximos anos. Tenha em mente que uma migração de plataforma é cara e complexa.

Como vimos, escolher um sistema de vendas não é uma tarefa fácil. Mas, avaliando as várias vantagens que foram pontuadas no decorrer deste texto, é fácil perceber que ela contribui para a elevação de vendas e satisfação do cliente.

Logo, ao escolher o sistema certo, o empreendedor verá rapidamente o impacto positivo em seu negócio. Aperfeiçoar a gestão do processo ajuda os vendedores a economizarem tempo e venderem mais e melhor. Assim, é possível perceber o quanto uma plataforma de vendas é intuitiva, ágil e deixa as tarefas diárias muito mais simples.

Nosso artigo foi esclarecedor e útil para você? Novas dúvidas surgiram, e gostaria de ter mais informações a respeito? Então, entre em contato conosco e conheça a melhor plataforma de vendas para atacadistas e distribuidores!24